O Morro dos Ventos Uivantes

Esta é uma história de amor e obsessão. E de purgação, crueza, devastação. No centro dos acontecimentos estão a voluntariosa e geniosa Catherine Earnshaw e seu irmão adotivo Heathcliff. Rude nos modos e afetos, humilhado e rejeitado, ele aprende a odiar; mas com Catherine desenvolve uma relação de “Amor e ódio”, paixão e também perversidade, criando assim um laço de relacionamento muito forte, o que não se sabe é se é o Amor ou o ódio que os mantém unidos. Nada destruirá a essência desse laço – porém quando ela se casa com outro homem, por convenções sociais, as consequências são irreparáveis para todos em volta.

Nota da Blogueira: Meu amigo leitor, devo lhe informar que você está prestes a adentrar o inferno. Mas não hesite: esta viagem valerá cada segundo do seu tempo.

 “E o que não me faz recordá-la? Não posso olhar para este chão, pois seus traços estão impressos nas lajes! Em cada nuvem, em cada árvore…enchendo o ar à noite, e vislumbrada em cada objeto de dia…estou cercado pela sua imagem! Os rostos mais comuns de homens e mulheres, meus próprios traços, debocham de mim com alguma semelhança. O mundo inteiro é uma terrível coleção de recordações de que ela existiu, e de que eu a perdi! ” – (Heathcliff sobre Catharine)

Visão da Blogueira: Com um olhar sensível e agudo, Emily Brontë fez de “O morro dos ventos uivantes” além de um clássico da literatura estrangeira, um retrato comovente e um estudo da degradação humana provocada pelas armadilhas do destino em consequência de um grande amor.

Mas não se engane, apesar de essa história se tratar de um amor, que chega a ser mais forte que a separação da morte, em “O Morro dos Ventos Uivantes” é voltado principalmente para vinganças e rancores. Realmente uma história mórbida, mas Emily Bronte conseguiu trabalhar a narrativa de forma a nos prender do começo ao fim, e ainda, a nos fazer torcer por esse amor que, de certa forma, não deveria de forma nenhuma acontecer.

A história começa quando o Sr. Lockwood aluga uma propriedade no campo, na Granja da Cruz do Torto, apenas para passar alguns dias. Em um desses dias ele resolve fazer uma visita ao proprietário das terras as quais está morando, que é praticamente seu vizinho, e nada mais do que Heathcliff, que mora na propriedade “O Morro dos Ventos Uivantes”. Mas qual não é o susto do Sr. Lockwood quando descobre que a personalidade de Heathcliff é assustadora e decepcionante, porém, infinitamente interessante, e desta forma, logo prende a atenção de Lockwood, e este se interessa por saber mais sobre aquele mal-educado, mal-humorado e ameaçador senhor.

Não só Heatcliff, mas todos os moradores da casa transparecem em seus rostos um ar de ressentimento, ódio e muito rancor.

Devido ao frio que lá faz e a tempestade pela qual foi obrigado a ficar por alguns momentos, Lockwood fica doente e tem que passar alguns dias confinado na residência que acaba de alugar.

É neste momento que passa a conhecer melhor sua governanta, Ellen Dean, que, futuramente Lockwood descobre, morou desde pequena na propriedade do Morro dos Ventos uivantes e conhece toda a história que levou aquelas pessoas a ficarem expostas a tanta podridão de sentimentos.

“Porque me desprezaste? Porque é que traíste o teu coração, Cathy? Amaste-me; que direito tinhas de me deixar? Porque nem a miséria, nem a degradação, nem a morte, nem nada que Deus ou o demónio pudessem infligir-nos nos teria separado, mas tu fizeste-o de livre vontade! Não fui eu, mas sim tu quem despedaçou o teu coração; e ao fazê-lo destruíste também o meu. Tanto pior para mim, que sou forte. Quero por acaso viver? Que vida será a minha quando…Meu Deus! Gostaria de viver com a tua alma enterrada?”

Insisto, trata-se de um livro estranhamente e desafiadoramente envolvente. Mas, que com toda certeza, vale a pena a cada letra.

 

Autor do Livro: Emily Bronte

Editora: Martin Claret – Gênero: Romance – Ano: 2014 – Páginas: 523

Classificação

JoiceAssinatura

 

 

Você já leu este livro? Conte-nos o que achou para sabermos sobre sua experiência. Afinal, nós escrevemos para você, e gostaríamos muito de saber sua opinião. Deixe aqui o seu comentário, é rapidinho. *-*

Quer saber sobre outros livros? Leia mais em http://limu.com.br/tag/resenhas/

Quer mais novidades sobre o Limu? Nos siga também em nossas redes sociais:

Facebook:- https://www.facebook.com/LivrosMusicaInspiracoes/

Twitter:- https://twitter.com/limu_inspiracoe

Skoob:- https://www.skoob.com.br/usuario/609086

Instagran:- https://www.instagram.com/limu_inspiracoes/

2 ideias sobre “O Morro dos Ventos Uivantes

  1. Lidiane se você gosta de Romance de Época, e uma pitada de vingança, vai se apaixonar por este livro, assim como eu me apaixonei. Sinceramente, dê uma chance a este livro e depois você volta para contar o que achou. Oks.

    Bjinhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *