• Inspirações

    Projeto: O Livro Viajante II

    Olá amores e amoras, como vocês estão?

    Espero mesmo que estejam muito bem, apesar é claro, da fase que estamos passando. Mas com certeza podemos encontrar uma forma de tirar o melhor de tudo isso.

    Bom, vamos ao assunto de hoje?

    Acredito que estejam lembrados do projeto Livro Viajante do qual participei e trouxe um pouco sobre o assunto para vocês. Certo?

    Se não se lembram, podem conferir no nosso post Projeto: O Livro Viajante. Pois bem, agora volto aqui para mostrar a vocês o resultado deste projeto no livro indicado por mim.

    Por Lugares Incríveis – Jennifer Liven, este foi o livro que indiquei para o projeto e não há como falar sobre este livro sem falar a influência que o mesmo causou e ainda causa sobre mim.

    Você foi, sob todos os aspectos, tudo o que alguém poderia ser… Se existisse alguém capaz de me salvar, seria você.

    Posso dizer, sem sobra de dúvidas, que essa leitura é uma das leituras da vida. Amei este livro desde o momento em que o mesmo foi indicado por uma amiga muito querida, a Daly, por ela ser muito especial e sempre ter as melhores indicações, já amei este livro, mas quando o li pela primeira vez, achei esta leitura maravilhosamente devastadora, isso mesmo que você leu, “maravilhosamente DEVASTADORA”. Quando terminei esta leitura me senti completa e totalmente destruída ao mesmo tempo.

    Acredito que este livro foi um divisor de águas…

    …dentro das minhas preferências de leitura, pois após ele fiquei muito mais impulsionada a ler livros com assuntos que são tão reais em nossa sociedade e que não recebem a devida atenção. Mas, vou deixar esse tema para quando a resenha deste livro sair, pois a leitura foi tão devastadora, que ainda não consegui finalizar essa resenha de forma a mostrar tudo de maravilhoso que este livro pode nos trazer.

    “[…] e Deus sabe o quanto esperei pra ser o tipo de cara que se quer por perto.”

    Foi por esses motivos citados acima e outros, que vocês saberão durante a resenha, que este foi o meu livro indicado para o projeto do livro viajante. E agora, quero mostrar a vocês a beleza deste projeto tão lindo do qual participei.

  • Inspirações,  Música

    A Pandemia e Nós

    Olá meus amores, faz tempo que não nos falamos por aqui. Muitas coisas se passaram nesses três meses. Muitas coisas aconteceram com a gente e com o mundo.
    Sei que já estamos cansados de ouvir falar em Covid-19, mas não tem como vir aqui e fazer postagens sem antes falar disso, até porque não falar é a mesma coisa que fugir da realidade.

    O mundo mudou, as pessoas mudaram. O ano mal começou e de repente ninguém mais tinha controle sobre o que decidir para o futuro, todos fomos levados a mudar os planos, os objetivos, a mudar nossas vidas. Crianças tendo aulas sem ao menos ir para a escola, estádios de futebol sendo transformados em hospitais, a higiene sendo tratada com a maior importância e nossa casa já não é apenas nosso refúgio, agora é o único lugar em que podemos nos sentir seguros.

    Nesses últimos meses tudo meio que virou de cabeça para baixo, os abraços e beijos não podem mais ser dados, os rostos todos mascarados, os shows são vistos direto das nossas casas, programas de TV totalmente diferentes, as leituras estão sendo colocadas em dia, cultos religiosos sendo transmitidos por redes sociais, muitos estão trabalhando de casa, ou então estão trabalhando menos, ou até mesmo sem trabalho. Outros nos dizendo adeus.

    São tempos muito difíceis, não dá pra negar. Mas também estamos descobrindo o quão fortes somos e como podemos lidar com as mudanças e adversidades da vida, e cá pra nós, essa foi uma das maiores adversidades que já vivemos. Digo vivemos pois estamos todos juntos nessa, não importa a religião, etnia ou classe social, estamos todos passando pelos mesmos problemas, mesmos medos, mesmas incertezas, todos unidos na mesma fé de que tudo isso vai passar.

    Vejo muitas notícias tristes, números assustadores, porém vejo muita mensagem de otimismo, pessoas levando alegria e mensagens positivas para todos.
    “Vai passar!” Essa é a mensagem que mais ouço e me apego. Não adianta nos desesperarmos, mas não podemos negligenciar os fatos. Então o que nos resta é nos cuidar, cuidar dos nossos. Devemos seguir as recomendações da OMS sem reclamar, pois é o melhor pra todos. Deixem as brigas políticas de lado, ela não cura a doença.

  • Inspirações,  Livro

    Projeto: O Livro Viajante

    Olá amores e amoras, como estão vocês?

    Vou começar este post incrível com uma pergunta bem sugestiva:

    O que inspira vocês?

    …Viva a vida intensamente e seja sua própria inspiração…

    Bom, depois desta frase linda, vou começar o nosso post…vamos lá?

    Hoje vou falar de algo que entrou em minha vida a pouco tempo, através de uma amiga, e tem me inspirado muito. O projeto chamado O Livro Viajante.

    Vocês já ouviram falar?

    Acreditem se quiser, mas eu nunca tinha ouvido falar de um projeto assim. Quem me apresentou este projeto foi a Daly, dona do IG literário Daly’s Read (vale a pena conferir, ela expõe ótimas resenhas e além do mais escreve incrivelmente bem).

    Se você, assim como eu, nunca ouviu falar, você deve estar se perguntando? Mas o que é esse tal Livro Viajante?

    Simples, trata-se de um projeto onde duas ou mais pessoas se juntam para fazer a leitura de determinado livro. Mas, espera? Seria uma leitura conjunta? Ai que está, não. Cada pessoa disponibiliza um livro, de sua estante, para leitura dos demais participantes do projeto, o lindo disso é que cada pessoa que ler, deve deixar suas impressões junto com o livro para que a próxima pessoa tenha o prazer de ler este livro com a adição dessas impressões.

    ..riscar meus livros..? nãoooooooo…

    Sei muito bem que há pessoas que acham um despautério riscar ou marcar um livro seja da forma que for, eu já fui assim.

  • Inspirações

    O Bem Que Se Faz

    Olá meus amores, dizem que o bem que você faz não se deve contar e eu também penso assim, mas hoje vou abrir uma exceção pois quero compartilhar algo com vocês.

    Hoje um colega de trabalho apareceu com uma andorinha na mão, ela estava toda cheia de cola, principalmente nas asinhas e não conseguia voar, possivelmente caiu em uma armadilha. O meu colega simplesmente chegou, olhou para mim e disse “Esse pássaro está precisando de ajuda, será que você consegue ajudar?”. Eu não pensei duas vezes, peguei aquela pequenina ave nas mãos e fui tentar lavar a coitadinha. Lavei ela várias vezes, alguns colegas me ajudaram segurando a água, me passando o sabão, mas estava complicado tirar a cola das asinhas da avezinha. E tinha que ter muito cuidado ao lavar ela para não machucá-la.

    Liguei em uma loja que vende ração para tentar descobrir como tirar a cola da ave de uma maneira mais fácil, e disseram que passar óleo poderia ajudar, óleo corporal para bebê seria o mais indicado. Pesquisei na internet sobre e encontrei a mesma solução. Então, no horário do meu almoço, fui em uma farmácia comprar o óleo. Comprei e passei óleo na avezinha, resultado, saiu mais um pouco da cola, mas ela ficou oleosa, e mesmo lavando com sabonete depois, as asinhas dela ainda ficaram fechadinhas.

    Soltei a andorinha em um gramado que tem aqui, mas nada de ela conseguir voar, batia as asinhas e nada. Peguei-a novamente, lavei mais uma vez as asinhas dela com cuidado e tentei tirar mais um pouquinho da cola que tinha e o óleo que ficou. Sequei-a e soltei-a no gramado novamente. Ela foi se secando, tentando voar. E isso demorou mais de meia hora, tirei ela de arbustos, pois ela se enfiava no meio deles para, talvez, se esconder do perigo.

    Depois de muito tentar a andorinha voou, começou com um voo baixo, e foi subindo, até que conseguiu chegar à algumas arvores que tem aqui por perto e não a vi mais. Foi o melhor agradecimento que eu poderia ter, foi uma alegria tão grande que parecia que era eu que havia levantado voo e saído em direção à minha liberdade.

    Depois disso fiquei pensando, como é bom fazer o bem, como isso é gratificante, e como enriquece o coração. E isso não só para uma andorinha, mas sim para qualquer ser vivo que precise. Quantas pessoas estão precisando de ajuda agora, por exemplo? Talvez essas pessoas precisem apenas que nós as ajudemos a limpar suas asas para que elas possam levantar voo sozinhas.

    Fazer o bem nos faz bem. E como disse a abençoada Madre Tereza de Calcutá “O bem que você faz hoje pode ser esquecido amanhã. Faça o bem assim mesmo. Veja que, ao final das contas, é tudo entre você e Deus! Nunca foi entre você e os outros”.
    Espero que esse meu relato inspire mais e mais pessoas a fazerem o bem, isso enobrece a alma.
    JosyAssinatura